Como evitar desperdícios na indústria alimentícia

evitar desperdícios na indústria alimentícia

Uma gestão eficaz ajuda a reduzir os desperdícios de matérias-primas, tempo e dinheiro. A organização, o planejamento e a padronização de procedimentos fazem toda a diferença para que desperdícios sejam evitados. Por isso, preparamos esse artigo com algumas dicas de como evitar desperdícios na indústria alimentícia. Vem com a gente:

Atente para a padronização e organização

O primeiro passo para a gestão da qualidade é a organização. Padronizar os procedimentos é fundamental para garantir a qualidade dos produtos finais. Por isso, todas as etapas devem ser executadas de modo uniforme.

O gestor deve medir o tempo de intervalos na produção a fim de avaliar quais são os impactos da ociosidade na produção. Estabelecer um tempo máximo de parada e cronometrar a retomada podem ser boas soluções para aumentar a produtividade. Para identificar falhas com agilidade e tornar a gestão da qualidade mais eficaz, todos os processos devem ser constantemente revisados.

Planeje para evitar desperdícios na indústria alimentícia

Um bom planejamento permite definir os processos com maior segurança, estabelecer os objetivos, escolher os meios para atingi-los e implantar melhorias. Ele possibilita atuar de modo preventivo, evitando erros, gargalos, práticas ineficientes e a necessidade de revisões na produção.

O planejamento garante que haja uma previsão do futuro, que as decisões sejam feitas de modo mais seguro, minimizando os riscos de desperdícios e prejuízos. O objetivo principal é orientar os negócios de modo que eles possam crescer continuamente e conseguir lucros.

O planejamento precisa conciliar o fornecimento e a demanda de produtos em termos de volume, tempo e qualidade. Para que isto seja possível, é preciso envolver diferentes áreas. Exemplos disso são as áreas de carregamento, que determina o volume com o qual a operação produtiva pode lidar; a sequência, que define a produtividade de tarefas a serem desempenhadas; e a programação, que envolve a decisão do tempo (momento) de início e fim para cada tarefa.

evitar desperdícios na indústria alimentícia

Faça um armazenamento correto dos produtos

Uma vez que o risco de contaminação é muito grande na indústria de alimentos, o armazenamento deve ser feito de modo criterioso, seguindo as Boas Práticas de Fabricação e utilizando os recipientes adequados para armazenar as linhas de produtos.

O armazenamento deve ser feito em local adequado, fresco, ventilado e iluminado. De acordo com as Boas Práticas de Armazenagem da Indústria de Alimentos, os alimentos ou recipientes com alimentos não devem estar em contato com o piso e sim apoiados sobre estrados ou prateleiras das estantes. Também jamais devem ser depositados diretamente sobre o piso.

Os estrados e as prateleiras devem estar limpos e secos e em bom estado de conservação. As prateleiras devem ter afastamento mínimo de 60cm do forro e 35cm das paredes, sempre que possível, sendo 10cm o mínimo aceitável.

Deve-se evitar o uso de madeira, inclusive de pallets desse material, pois é praticamente impossível a limpeza e sanificação adequadas da madeira após contato com a água. O uso de pallets plásticos, fáceis de lavar e higienizar, se mostra muito mais adequado.

Os pallets com matéria-prima ou embalagens devem ser mantidos com afastamento mínimo de 50cm das paredes para evitar umidade e facilitar a limpeza, amostragem e movimentações, controle de pragas e ações em caso de incêndio. Além disso, os pallets devem ser mantidos com afastamento de 30 cm entre si e 20 cm do piso.

Para garantir a qualidade, os produtos alimentícios precisam ser mantidos em condições sempre adequadas. Por isso, verifique constantemente a temperatura e a disposição dos mesmos.

evitar desperdícios na indústria alimentícia

Utilize um sistema de gestão logística integrado

A fim de evitar desperdícios na indústria, é importante estar atento a logística. Para que a logística seja eficiente do início ao fim, é indispensável que o fluxo de dados e informações seja constante e muito bem controlado. Por isso, vale a pena investir em um software de gestão logística.

Um bom gerenciamento do fluxo físico e de informação através do uso de softwares de gestão integrada (ERP), permite agregar valor na cadeia de suprimentos e gerar oportunidades de redução de custos para a operação.

Com ele, é possível gerenciar todos os pedidos, controlar estoques, monitorar os trajetos do transporte, selecionar os equipamentos mais adequados e empregar métricas precisas.

Algumas práticas e cuidados são capazes de evitar desperdícios na indústria alimentícia e otimizar a produção e a logística. Gostou do nosso artigo? Quer ler mais conteúdos desse tipo? Então visite nosso blog para mais matérias como esta. Até a próxima!

O que você achou deste post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
+ 55 (54) 999 597 996
 
+ 55 (54) 991 693 589
 
+ 55 (54) 991 914 126
×