Controle de temperatura na logística farmacêutica: por que é importante?

controle-de-temperatura-na-logistica-farmaceutica-5

Alguns dos grandes desafios da indústria farmacêutica são o transporte e armazenamento adequados de medicamentos que necessitam de controle de temperatura Afinal, esse setor é altamente regulamentado e exige controles rigorosos para garantir a qualidade dos produtos desde a fabricação até a sua chegada ao consumidor final.

O controle de temperatura adequado assegura a manutenção da qualidade dos produtos para que o princípio ativo deles não sofram alterações. Esse cuidado ajuda a garantir a efetividade, eficácia, estabilidade e as características físico-químicas dos fármacos.

Mas você sabe como fazer o controle de temperatura na logística farmacêutica? Por que ele é tão importante? Neste artigo, você poderá encontrar informações úteis sobre esse assunto. Confira!

Veja a importância do controle de temperatura na logística farmacêutica

Alguns cuidados com o armazenamento e a entrega são fundamentais para manter a integridade dos produtos.

A maioria dos produtos farmacêuticos deve ser armazenada e transportada em temperaturas que variam entre -15º até 25º para conservar a sua efetividade.

Além disso, os colaboradores envolvidos nas operações devem seguir criteriosamente as instruções do fabricante em relação à umidade, temperatura, exposição à luz e outros fatores.

Alguns cuidados também são necessários para manter a integridade das embalagens. A Anvisa determina que as embalagens devem ser capazes de proteger o seu conteúdo. Além disso, os palllets para manuseio/transporte e estocagem precisam ser fabricados em material inerte, que não absorva água e possa conter fungos e bactérias.

controle-de-temperatura-na-logistica-farmaceutica-4

Saiba como fazer um armazenamento adequado

O uso de controladores de temperatura é necessário tanto nas câmaras frias onde os produtos são armazenados quanto no baú dos caminhões que farão o transporte.

Além disso, o espaço de armazenamento deve ser suficiente para abrigar todos os produtos, de modo a garantir que eles sejam refrigerados homogeneamente.

As áreas de armazenamento devem ser projetadas ou adaptadas para assegurar as condições ideais de estocagem e para possibilitar o estoque ordenado de matérias-primas e produtos. Elas também devem ser limpas, secas e mantidas em temperaturas e níveis de umidade compatíveis com os materiais armazenados. Além disso, devem ser cumpridos procedimentos estritos de controle de pragas e umidade.

Para favorecer a limpeza, as instalações devem apresentar superfícies lisas, sem rachaduras e sem desprendimento de pó, para facilitar a limpeza e evitar contaminantes.

Os medicamentos não devem ser posicionados diretamente no chão ou encostados nas paredes. Eles devem guardar distância mínima do telhado e não devem estar em locais de incidência direta da luz solar. Os pallets utilizados devem ser de material que permita a limpeza e não constitua fonte de contaminação, tais como madeira tratada, alumínio ou materiais plásticos.

Por ser feito de material higienizável e atóxico, o pallet plástico rotomoldado ajuda a evitar contaminações e favorece a segurança na indústria farmacêutica. Ele também é fácil de limpar e sanitizar, pois tem cantos arredondados, sem arestas e fáceis de higienizar e imune a agentes externos. Além disso, ele não absorve umidade e nem sofre ataque de oxidação. O produto recebe ainda uma proteção antimicrobiana, que impede a proliferação de fungos e bactérias.

Atente também para os cuidados necessários no transporte

Para evitar que os medicamentos sofram danos ao longo do transporte, é necessário realizar um acompanhamento rigoroso dos produtos desde a saída da indústria até o destino final. Afinal, as más condições de transporte podem prejudicar os produtos, devido à influência de fatores externos, como luz, calor, umidade e o contato com contaminantes.

Alguns medicamentos necessitam de monitoramento e controle constante, pois podem se desestabilizar com oscilações de temperatura. Isso compromete a qualidade, segurança e eficiência dos produtos.

Para evitar esses problemas, a empresa que realiza o transporte de medicamentos deve observar as especificações de temperatura, acondicionamento, armazenagem e umidade dos medicamentos. Para isso, é importante que sejam utilizados instrumentos bem calibrados.

Para um bom controle da temperatura, devem ser usadas caixas térmicas de isopor ou poliestileno resistentes e em bom estado. Esses recipientes devem ser capazes de conservar a temperatura interna considerando a temperatura externa e o tempo de transporte.

Os veículos refrigerados ou as maletas térmicas utilizados para transporte devem ter controle de temperatura com registro histórico destas informações, rotina de limpeza e não devem transportar outros produtos ao mesmo tempo. 

controle-de-temperatura-na-logistica-farmaceutica-2.jpg

Conheça o pallet ideal para o controle de temperatura na logística farmacêutica

Os pallets plásticos rotomoldados Super Roto® são capazes de transportar, armazenar, proteger e organizar os mais diferentes tipos de produtos na indústria.

Fabricados em plástico rotomoldado de alta densidade, os pallets plásticos rotomoldados são muito resistentes às variações de temperatura. Eles podem ser utilizados nos porta-pallets das câmaras frias e em ambientes com temperatura entre -35ºC a 60ºC sem apresentar variações de peso, cor e formato. Fabricados em polietileno, esses produtos são os mais indicados para setores que exigem embalagens laváveis e estéreis, como alimentos e produtos farmacêuticos.

Além disso, o pallet Super Roto® apresenta superfície lisa e impermeável, que minimiza o acúmulo ou a liberação de partículas ou microrganismos. Além disso, ele permite a aplicação de agentes de limpeza e desinfetantes que agem em toda a superfície.

Por essas e outras características, ele é o mais seguro para lidar com produtos químicos e atende aos requisitos das Boas Práticas de Fabricação. Assim como os pallets de contenção, que impedem o vazamento de líquidos químicos, inflamáveis, ácidos e corrosivos armazenados em tambores e bombonas.

Tenha mais segurança com os cofres de carga rotomoldados

Por sua vez, o modelo de cofre de carga com travas de fechamento é ideal para movimentação de substâncias controladas e listadas no anexo I da Portaria SVS/MS nº 344/98. Esses produtos também são atóxicos, resistentes a agentes químicos, apresentam travas de fechamento e dobradiças em inox e podem receber proteção antimicrobiana. Além disso, atendem às normas ABNT NBR 16242, Classe 1, 2 e 3, e da Anvisa sobre cargas perigosas.

Como vimos, o controle e monitoramento da temperatura nas câmaras frias e nos baús dos caminhões são fundamentais para assegurar a qualidade e eficácia dos medicamentos.

Você gostou desse artigo? Quer saber mais sobre as vantagens do uso de pallets plásticos nos processos logísticos da indústria farmacêutica? Confira neste webinar com a participação de especialistas.

O que você achou deste post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
+ 55 (54) 999 597 996
 
+ 55 (54) 991 693 589
 
+ 55 (54) 991 914 126
×
Logo_Tecnotri-Branco

Olá

Por favor, escolha o setor para conversar e teremos todo o prazer em ajudá-lo!

tecnotri-whatsaap

Fale Com Um Consultor​

Tire Suas Dúvidas Aqui.

tecnotri-whatsaap

Atendimento Ao Cliente

Serviço de Atendimento ao Consumidor.

tecnotri-whatsaap

Solicite Um Orçamento

Faça Seu Orçamento Aqui.