Inovações facilitam e aumentam a produtividade na indústria alimentícia

Cofre de Carga - Depósito

Cada vez mais as empresas buscam soluções para obter mais eficiência na logística e no fluxo de mercadorias e aumentar a produtividade. Inovações tecnológicas ao longo de toda a cadeia produtiva, desde a produção até a entrega do produto final, possibilitam mais qualidade e rapidez dos processos e diminuição dos custos.

Com o aumento das exigências de qualidade de serviços na indústria, a armazenagem deixou de ser apenas um investimento necessário para se tornar um diferencial competitivo importante para os negócios. Por isso, a tendência é as operações de armazenagem se tornem cada vez mais sofisticadas.

Conheça as inovações utilizadas no setor de armazenagem

Os sistemas automáticos de movimentação de materiais e de gerenciamento da operação vêm trazendo mudanças radicais nas estruturas de armazenagem e distribuição de mercadorias.

Uma tendência atual é a automação na armazenagem, que agora envolve recursos como sistemas de separação de pedidos, transelevadores de pallets, shuttles para operações, esteiras telescópicas e softwares de gerenciamento, de modo que toda a operação tem um mínimo de intervenção humana.

produtividade na indústria alimentícia

Além disso, um bom gerenciamento do fluxo físico e de informação, com o uso de softwares de gestão integrada (ERP), permite agregar valor na cadeia de suprimentos e gerar oportunidades de economias para a operação.

No setor de armazenagem, pallets e produtos conectados contribuem para uma gestão de estoque mais inteligente. No transporte de cargas, o monitoramento e o rastreamento das mercadorias tornam as operações mais rápidas, precisas e seguras.

As empresas investem cada vez mais na automação dos seus centros de distribuição. A Natura, por exemplo, inaugurou, em 2015, um novo centro de distribuição logística em Itupeva (SP), com capacidade para armazenar 3,6 milhões de caixas de produtos. A estrutura conta com 13 transelevadores de pallets, quatro robôs para palletização, 20 shuttles para operações com caixas e duas esteiras telescópicas.

Além disso, carretas informatizadas permitem o carregamento e descarregamento totalmente automático dos produtos em apenas cinco minutos.

Veja como a tecnologia da informação auxilia a logística

A evolução da tecnologia da informação vem transformando a gestão de operações e a logística. Cada vez mais os trabalhos manuais e repetitivos serão substituídos por robôs, cabendo aos humanos apenas as tarefas mais complexas e que exijam criatividade. As tecnologias de automação também ganham mais espaço, diminuindo as tarefas repetitivas dos colaborares, evitando problemas de ergonomia e acidentes de trabalho.

Recursos como código de barras, o EDI (Electronic Data Interchange ou intercâmbio eletrônico de dados), o RFID (Radio Frequency Identification ou Identificação via Radiofrequência) e o rastreamento de frotas com tecnologia GPS contribuem para aumentar a velocidade do fluxo de informações e torná-las mais precisas.

Além disso, estações de trabalho assistidas trazem softwares que fornecem instruções aos operadores sobre como posicionar os pallets e melhorar a performance, de modo a reduzir os esforços físicos.

Por exemplo, os sistemas de gerenciamento de armazéns conhecidos como WMS (Warehouse Management System) possibilitam otimizar a atividade de armazenagem, com melhor aproveitamento dos espaços e maior eficiência na organização do fluxo e distribuição dos produtos. O sistema WMS é integrado a um sistema ERP (Enterprise Resource Planning) para otimizar todas as atividades operacionais e administrativas do processo de armazenagem.

Além disso, robôs de palletização são outras soluções capazes de minimizar as taxas de erro, aproveitar melhor o espaço físico e reduzir custos de energia e transporte. Embora exijam um grande investimento inicial, esses robôs são capazes de preencher diversos padrões de pallets em uma área de instalação menor e possuem um custo de operação mais baixo que do processo de armazenagem convencional.

Conheça os benefícios da palletização

A palletização do sistema de armazenagem facilita e agiliza o acesso a cada pallet armazenado, otimizando o controle do estoque e adaptando as operações a qualquer espaço, tamanho ou peso da mercadoria que será armazenada.

A palletização pode ser realizada nas modalidades drive in (por acumulação em superfície ou altura), drive-thru (com dois corredores de acesso à carga, um de cada lado da estante) ou push-back (armazenamento de até quatro pallets na profundidade em cada nível).

sistemas de distriuição - logística - tecnotri

Na paletização, a distribuição e altura das estantes são determinadas em função das próprias características do armazém, dos elementos de armazenagem e dos equipamentos utilizados, levando-se em conta as dimensões desses locais. Esse sistema permite o uso corredores estreitos e alturas maiores, melhorando o aproveitamento do espaço físico com o uso de empilhadeiras elevadoras ou de transelevadores automáticos.

Além disso, é possível combinar o armazenamento com estantes para picking manual, de modo a aumentar a quantidade de pallets armazenados, instalando-se estantes de dupla profundidade ou armazenando um pallet na frente do outro, de modo a permitir acesso pelos dois lados do corredor.

Entenda os cuidados necessários na indústria alimentícia

As empresas que atuam no setor de alimentos devem ter muito cuidado para controlar os perigos à segurança dos alimentos, a fim de garantir a qualidade dos produtos e evitar o risco de contaminações. Por isso, elas devem observar uma série de parâmetros e cuidados na produção e transporte dos produtos.

Para evitar a contaminação, os fabricantes devem procurar adotar boas práticas de fabricação, procedimentos padrões de higiene operacional e análise de perigos e pontos críticos de controle e controle integrado de pragas, levando-se em conta os riscos físicos, químicos e biológicos a que estão sujeitos os alimentos.

O armazenamento de matérias-primas e alimentos deve ser realizado em local adequado e organizado, sobre pallets ou prateleiras adequadas, respeitando sempre os prazos de validade. Além disso, a temperatura de armazenamento das matérias-primas deve ser compatível com as recomendações do fabricante.

Por isso, na hora de escolher os pallets usados no transporte e estocagem de alimentos, o gestor deve ficar atento às características do material utilizado, de modo a assegurar a higiene e limpeza. Diferentemente dos pallets de madeira, que armazenam fungos, bactérias e outros agentes contaminantes, os pallets rotomoldados podem ser lavados e higienizados, contribuindo assim para evitar contaminações e atender às exigências sanitárias.

Entenda a importância do uso do pallet rotomoldado

Os pallets rotomoldados são os mais indicados para setores do mercado que exigem embalagens industriais laváveis e estéreis, como alimentos, bebidas e produtos farmacêuticos. Eles apresentam características importantes, como menor contaminação dos produtos pela embalagem e logística mais eficiente.

Por ser feito de material higienizável e atóxico, fácil de lavar e manusear, o pallet plástico consegue evitar as contaminações dos alimentos. O produto recebe ainda uma proteção antimicrobiana, que impede a proliferação de fungos e bactérias.

Os pallets rotomoldados são os mais indicados para a produção de alimentos, por serem mais higiênicos, fáceis de lavar e sanitizar e atenderem às normas sanitárias. A própria Anvisa recomenda o uso de “prateleiras, estrados e pallets constituídos de material resistente, impermeável e liso, de forma a facilitar a limpeza, para armazenagem dos alimentos, embalagens e recipientes”, segundo a Resolução da Diretoria Colegiada – RDC nº 72 de 29/12/2009.

De acordo com a Agência, todos os alimentos devem ser armazenados em local limpo e organizado, protegidos contra contaminações, identificados e mantidos sobre pallets, estrados e ou prateleiras.

Como vimos, as novas tecnologias trazem inovações capazes de tornar o processo de produção e armazenamento mais ágil, eficiente e seguro, contribuindo significativamente para aumentar a produtividade da indústria alimentícia e outros setores.

O que você achou deste post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
+ 55 (54) 999 597 996
 
+ 55 (54) 991 693 589
 
+ 55 (54) 991 914 126
×