Logística de distribuição: conheça todos os desafios

Você está atento com a logística de distribuição da sua indústria? É um processo complicado e que requer dedicação para estruturá-la. Por isso, neste artigo, compartilhamos alguns desafios que você pode ter no dia a dia do seu negócio. E, além disso, te contaremos como você pode aliar a tecnologia com a logística de distribuição. Vem com a gente!

O que é a logística?

Primeiramente, precisamos definir o conceito de logística. A logística é uma área de gestão que se relaciona com toda a cadeia de suprimentos. Envolve desde o planejamento de armazenagem, passando pela circulação até a distribuição de produtos. Coordenar o fluxo de informação para manter a organização e atender as demandas de forma eficiente é responsabilidade primordial da logística.

Com o fluxo organizado, a empresa tem uma maior eficiência na utilização dos seus recursos. Dessa forma, consegue atender de forma satisfatória as demandas de seus clientes com custos reduzidos e alta produtividade.

Mas a logística não deve ser tratada como uma função isolada dentro a empresa. Aliás, reconhecer o papel da logística na organização pode ser um desafio. A sua integração com uma visão mais ampla da gestão é fundamental para o sucesso da operação.

logística de distribuição - tecnotri

Vantagens de uma operação logística eficiente

Toda empresa se esforça para obter uma vantagem sobre a concorrência e crescer. Por isso, expandir estrategicamente nos mercados em que atua e gerar receitas e um dos elementos cruciais para atingir esses objetivos é logística de distribuição.

Em um mercado cada vez mais concorrido, toda empresa depende estrategicamente de um planejamento logístico, tanto interno quanto externo para manter sua competitividade e crescimento. Quando se começa a operacionalizar com aspectos de importação e exportação, a logística se torna ainda mais crítica para o sucesso dos negócios.

A complexidade dos processos logísticos demandam uma gestão prática, inteligente e baseada na logística integrada. Isso é um conceito que se refere a um tipo de operação conjunta, onde todas as etapas da cadeia logística são gerenciadas por um sistema único.

Dessa forma, gestores, gerentes e demais profissionais conseguem atuar de maneira eficiente, além de terem uma visão ampla e abrangente de uma ponta a outra da cadeia. O foco na otimização da operação logística garante a qualidade do processo e dos produtos em todas as etapas, desde a origem até a entrega ao consumidor final.

A tecnologia como aliada à logística de distribuição

O fato de que a tecnologia neste setor já configura como recurso estratégico, não é novidade. A distribuição e a logística também estão se beneficiando da evolução tecnológica. Quando se trata de gerenciamento de logística, o tempo das planilhas e processos manuais ficou para trás. O mercado exige automação constante, integração e fluxo de informações em tempo real.

A adaptação a este novo cenário pode se tornar cara e demorada. No entanto, é uma obrigação. Soluções como softwares de ERP (Enterprise Resource Planning), surgem como alternativas para resolver questões cruciais na cadeia logística. Isso porque eles trazem informações integradas e relatórios que facilitam a tomada de decisões.

logística de distribuição - tecnotri

Os 5 principais desafios de armazenamento que podem ser resolvidos por meio da automação

Agora conheça os principais desafios de armazenamento:

1. Precisão do estoque: quando fabricantes não têm uma visão integrada de seus estoques, corre-se o risco de ficar sem estoque na hora errada ou estoque elevado, diminuindo o fluxo de caixa e aumentando as despesas para armazenar mercadorias excedentes.

2. Localização dos produtos: a falta de organização acarreta em mais tempo para localizar e movimentar itens a serem despachados. Dessa forma, atrasa o processo de carregamento, gera aumento de custos e inúmeros transtornos com prazos junto aos clientes.

3. Aproveitamento do espaço dos galpões: otimizar espaço evita trabalho desnecessário. Uma estratégia inteligente é manter estoque de giro rápido e alta venda na frente da instalação. Dessa forma, os carregadores ou empilhadeiras não precisem fazer longos deslocamentos no interior do depósito.

4. Processos redundantes: a tecnologia de código de barras pode reduzir ou eliminar o problema de tickets ou outra documentação que tenha que passar por várias mãos ao longo do processo de seleção, checagem, carregamento, etc.

5. Otimização de picking: em estoques que ainda contam com processos manuais, localizar e coletar itens para separação para entrega consome tempo demais. Portanto, com esse processo controlado por sistemas computadorizados, há uma significativa economia de tempo, redução de desgaste de equipamentos e força de trabalho.

O que concluir sobre logística de distribuição?

Assim, chegamos na conclusão do nosso artigo. Como você pode ver, alguns dos problemas mais comuns no gerenciamento da cadeia de distribuição podem ser resolvidos por meio do uso da tecnologia. Cabe aos profissionais da área estarem atentos às novas opções que se apresentam, além de buscarem implementar as mudanças que podem trazer benefícios significativos na cadeia produtiva de sua organização.

Por conta desse problema, nós estamos estudando a solução de RFID. Se trata de uma identificação automática através de sinais de rádio, recuperando e armazenando dados remotamente. Atualmente, aqui na Tecnotri, temos enxergado o RFID de forma muito relevante, porque ele já é uma realidade na cadeia logística. Quer saber mais sobre assuntos como este? Então Clique aqui e continue por dentro!

O que você achou deste post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
+ 55 (54) 999 597 996
 
+ 55 (54) 991 693 589
 
+ 55 (54) 991 914 126
×