Quais serão os principais desafios para a indústria alimentícia em 2021?

quais-serao-os-principais-desafios-para-a-industria-alimenticia-em-2021-6

A indústria alimentícia está cada vez mais competitiva. Afinal, as pessoas estão cada vez mais atentas a fatores como a qualidade dos produtos, as suas características nutricionais, o impacto ambiental causado e a responsabilidade social das empresas. 

Além disso, o consumidor hoje tem muito mais acesso à informação e canais de comunicação ágeis e interativos para expressar as suas opiniões. Por isso, as empresa precisam estar atentas às principais inovações e tendências do mercado.

Mas você sabe quais são os principais desafios para a indústria alimentícia em 2021? Neste artigo, vamos mostrar algumas das tendências do mercado para satisfazer às novas demandas dos consumidores e aumentar a competitividade. Confira!

Conheça os principais desafios da indústria alimentícia em 2021

Processos automatizados

Atualmente, os consumidores cada vez mais exigem mais velocidade e eficiência na entrega de produtos e serviços. Por isso, a indústria alimentícia em 2021 precisará implementar processos automatizados para dar conta da demanda crescente e satisfazer os seus clientes.

As inovações tecnológicas envolvem o uso de sensores e softwares para conectar o maquinário das empresas, além de sistemas capazes de detectar falhas na operação antes que ocorram. 

A automação de processos logísticos possibilita o uso de recursos capazes de aumentar a eficiência logística, como os transelevadores de pallets. Esses sistemas automatizados possibilitam o aumento da capacidade de estocagem, a redução de erros e o aumento da produtividade nos processos de movimentação e armazenagem.

quais-serao-os-principais-desafios-para-a-industria-alimenticia-em-2021-5

Rastreabilidade

Outra tendência atual na indústria alimentícia é a rastreabilidade. Ela traz mais segurança para o consumidor, pois garante a procedência dos produtos e possibilita acompanhar um produto desde a sua produção até a chegada ao consumidor final. Além disso, ela permite rastrear os produtos e insumos que serão utilizados na fabricação de alimentos, de modo a aumentar o grau de confiabilidade e segurança.

Tecnologia de blockchain

Embalagens conectadas e a tecnologia de blockchain ajudam a ter seus produtos sempre à vista e aumentar a rastreabilidade. Desse modo, ela garante maior segurança para os processos de produção, distribuição e estocagem dos alimentos. 

Trata-se de uma camada informacional que conecta sistemas, processos e pessoas. Desse modo, forma-se um ambiente compartilhado, capaz de registrar todo o histórico das movimentações de ativos de modo seguro, auditável e à prova de fraudes.

Sustentabilidade ambiental

A busca por sustentabilidade tem conquistado uma grande fatia dos consumidores. Essas pessoas se mostram dispostas até a pagar mais caro para ter certeza de que um produto é “verde”. Muito mais que gerar lucro, essa postura contribui para o fortalecimento das marcas e a inserção das empresas na sociedade.

Para se adequar a essa nova realidade, a indústria alimentícia em 2021 precisa repensar toda a cadeia produtiva, desde o uso de matérias-primas até o empacotamento dos produtos. Ela deve evitar contaminações, observar as boas práticas de fabricação, economizar água e utilizar matérias-primas recicláveis. Pense também em soluções de embalagens recicláveis e biodegradáveis.

Uso racional da água

Numa época de escassez da água e problemas constantes de abastecimento, as novas tecnologias de reaproveitamento da água se mostram cada vez mais importantes.

As cisternas de captação de água da chuva permitem armazenar a água para uma infinidade de usos, como lavagem de pátios, calçadas, garagens, descarga sanitária e rega de plantas.

quais-serao-os-principais-desafios-para-a-industria-alimenticia-em-2021-2

Logística verde

Atualmente, a busca pela sustentabilidade se mostra um diferencial competitivo importante para as empresas. O conceito de logística verde se refere ao conjunto de práticas voltadas a reduzir o impacto ambiental das atividades logísticas. Ele envolve toda a configuração dos processos, estruturas, sistemas de transporte, distribuição e armazenagem das empresas.

Entre as práticas envolvidas, estão a redução das emissões de carbono, a diminuição da poluição do ar, solo, da água e sonora, o uso de energias alternativas e o uso racional dos recursos naturais.

Melhores condições de trabalho

O transporte e a manipulação de carga podem causar nos trabalhadores problemas de saúde e lesões como a LER (Lesão por Esforço Repetitivo). O uso de pallets ergonômicos ajuda a evitar esse problema, reduzindo consideravelmente a ocorrência de doenças ocupacionais causados pelo fator ergonômico.

Segurança alimentar

Os consumidores estão cada vez mais atentos à qualidade dos produtos. Para garantir a segurança alimentar, a indústria alimentícia em 2021 deve adotar procedimentos padrões de higiene operacional, análise de perigos e identificação de pontos críticos.

Os alimentos devem ser transportados e armazenados de modo apropriado, para assegurar a higiene e limpeza. Todos os alimentos precisam ser armazenados em local limpo e organizado e protegidos contra contaminações. Além disso, os produtos devem ser identificados e mantidos sobre pallets, estrados e /ou prateleiras confeccionados em material resistente e de fácil higienização.

quais-serao-os-principais-desafios-para-a-industria-alimenticia-em-2021-1

Como o pallet plástico te ajuda a contornar os desafios da indústria alimentícia em 2021

Devido à sua longa vida útil, o pallet plástico pode ser reutilizado diversas vezes, pois é feito de polietileno e totalmente reciclável. Por isso, causa menos impacto ambiental que os pallets de madeira. 

Os pallets plásticos também são leves, 100% recicláveis, atóxicos, resistentes a produtos químicos e têm vida útil acima de 10 anos. Além disso, são laváveis e de fácil higienização. 

A Tecnotri também se empenha em desenvolver produtos sustentáveis. As soluções da empresa evitam contaminações, observam as boas práticas de fabricação, economizam água e são 100% recicláveis, contribuindo para a sustentabilidade.

Por possuir características como leveza, resistência e peso constante, esses produtos também ajudam a otimizar as operações logísticas. Por isso, possibilitam maior racionalização e uniformização do local de estocagem, melhor aproveitamento do espaço físico e aceleração dos processos.

O pallet plástico rotomoldado também favorece a logística reversa, pois tem identificações expressivas de posse. Esse recurso pode fornecer informações para o gerenciamento do pallet. Além disso, ele possibilita a rastreabilidade utilizando-se, por exemplo, a Identificação por Radiofrequência ou RFID.

Como vimos, o uso de novas tecnologias, o cuidado com a segurança alimentar, bem como a responsabilidade ambiental e social são alguns dos desafios da indústria alimentícia em 2021. 

Você gostou desse artigo? Quer saber mais sobre como é possível aumentar a segurança e a eficiência nos processos da indústria alimentícia? Clique aqui.

O que você achou deste post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
+ 55 (54) 999 597 996
 
+ 55 (54) 991 693 589
 
+ 55 (54) 991 914 126
×
Logo_Tecnotri-Branco

Olá

Por favor, escolha o setor para conversar e teremos todo o prazer em ajudá-lo!

tecnotri-whatsaap

Fale Com Um Consultor​

Tire Suas Dúvidas Aqui.

tecnotri-whatsaap

Atendimento Ao Cliente

Serviço de Atendimento ao Consumidor.

tecnotri-whatsaap

Solicite Um Orçamento

Faça Seu Orçamento Aqui.