Tecnologias para a automação de processos de armazenamento

A automação e os novos recursos tecnológicos tornam os processos de armazenagem um diferencial cada vez mais importante na indústria. Já existem tecnologias capazes de integrar todas as operações, analisar indicadores de desempenho em tempo real e facilitar o planejamento e a tomada de decisões e assegurando o aumento da produtividade, rapidez e menores custos.

Conheça as inovações tecnológicas usadas na armazenagem

As empresas investem cada vez mais na automação do processo de armazenamento. A automação na armazenagem oferece recursos como sistemas de separação de pedidos, transelevadores de pallets, shuttles para operações, esteiras telescópicas, robôs de paletização e softwares de gerenciamento. 

A automação dos processos de empilhamento e paletização possibilita movimentar maiores quantidades de produtos com mais agilidade e eficiência, otimizar o fluxo de mercadorias na área de carregamento/descarregamento e facilitar a interface entre o centro de distribuição, a plataforma e os veículos. Ela elimina boa parte da mão de obra empregada, reduzindo os custos com operação e manutenção e evitando erros e acidentes de trabalho.

A automação também facilita a gestão dos inventários, que podem controlados e atualizados a qualquer momento. Estações de trabalho assistidas trazem softwares que fornecem instruções aos operadores sobre como posicionar os pallets e melhorar a performance, de modo a reduzir os esforços físicos.

Os sistemas de gerenciamento de armazéns conhecidos como WMS (Warehouse Management System) possibilitam otimizar a atividade de armazenagem, com melhor aproveitamento dos espaços e maior eficiência na organização do fluxo e distribuição dos produtos.

Entenda os novos processos de movimentação de carga

O processo de movimentação das cargas pode ser feito a partir da força física humana ou utilizando-se equipamentos como empilhadeiras, transpaleteiras, carrinhos hidráulicos e transelevadores.

As empilhadeiras podem ser a solução mais eficiente em termos de custo em muitas aplicações. Porém, quando a mão de obra ou o espaço físico são os fatores principais, as soluções automatizadas tornam-se cada vez mais econômicas.

O shuttle é um sistema de armazenagem por compactação concebido para otimizar os movimentos de carga e descarga de pallets, evitando que o operador tenha que entrar nos corredores de armazenagem. Ele é apropriado para empresas com elevado volume de pallets por referência e alta atividade de carga e descarga.

A esteira telescópica móvel é uma esteira montada em rodas ou uma esteira que se movimenta por trilhos suspensos ou no piso. Geralmente, a esteira telescópica é parte de um sistema, cabendo-lhe transportar as mercadorias ao longo de sua extensão até a próxima esteira no sistema.

Os robôs de palletização permitem minimizar as taxas de erro, aproveitar melhor o espaço físico e reduzir custos de energia e transporte. Eles são capazes de preencher diversos padrões de pallets em uma área de instalação menor e possuem um custo de operação mais baixo que do processo de armazenagem convencional.

Os transelevadores são sistemas de armazenamento automáticos, controlados via software de gestão, ideais para inventários permanentes e o controle de processos.

O seu sistema automatizado proporciona o aumento da capacidade de armazenagem, redução de custos e recursos operacionais necessários para a movimentação e estocagem, eliminação de erros e aumento da produtividade.

O sistema de etiquetagem RFID (Radio Frequency Identification ou Identificação via Radiofrequência) possibilita saber onde cada produto é mantido ou para qual destino ele está sendo levado em tempo real.

Veja como os pallets ajudam na automação dos processos

A utilização de pallets nos processos de armazenamento e distribuição garante uma melhor organização dos produtos de modo simples, rápido e eficiente. Máquinas criadas para o armazenamento automático de pallets deslocam-se nos corredores dos armazéns e realizam as funções de entrada, posicionamento e saída de mercadorias.

Além disso, o uso de pallets e produtos conectados contribui para uma gestão de estoque mais inteligente. Um bom gerenciamento do fluxo físico e de informação, com o uso de softwares de gestão integrada (ERP), permite agregar valor na cadeia de suprimentos e gerar oportunidades de economias para a operação.

No transporte de cargas, carretas informatizadas permitem carregar e descarregar os produtos de modo totalmente automático em questão de minutos. Além disso, o monitoramento e o rastreamento das mercadorias tornam as operações mais rápidas, precisas e seguras.

Entenda como funciona a palletização

A paletização é a disposição dos produtos por camadas, formando pilhas e obtendo-se um volume paralelepipedal, cuja altura é determinada pelo peso e o espaço disponível.

Na paletização, a distribuição e altura das estantes são determinadas em função das próprias características do armazém, dos elementos de armazenagem e dos equipamentos utilizados, levando-se em conta as dimensões desses locais.

A paletização permite o uso corredores estreitos e alturas maiores, melhorando o aproveitamento do espaço físico com o uso de empilhadeiras elevadoras ou de transelevadores automáticos. 

A palletização do sistema de armazenagem facilita e agiliza o acesso a cada pallet armazenado, otimizando o controle do estoque e adaptando as operações a qualquer espaço, tamanho ou peso da mercadoria que será armazenada.

Saiba as vantagens de utilizar o pallet plástico rotomoldado

O pallet plástico é um produto customizável, fabricado a partir de moldes, que pode ser desenvolvido de acordo com as necessidades logísticas dos clientes, favorecendo a automação.

Além disso, os pallets favorecem a racionalização dos espaços de estocagem, a diminuição dos danos em produtos e a melhor utilização dos espaços verticais. A sua estrutura confere acesso direto e individual a cada unidade de carga, facilitando a distribuição dos produtos.

Produzidos em cores diversas, os pallets favorecem uma organização dos produtos mais eficiente, com fácil identificação das mercadorias, bom uso do espaço físico e rastreabilidade de propriedade. Além disso, eles são até 70% mais leves que os pallets de madeira, possuem peso constante e dispensam manutenção a longo prazo.

Os pallets plásticos são versáteis e podem ser configurados para uso no solo, em porta pallet deslizante, drive in dinâmico, rack e estantes metálicas. Eles contam com um moderno sistema de travessas de encaixe que confere rapidez e facilidade na montagem e desmontagem.

Por sua resistência, o porta-pallet possibilita a armazenagem de produtos grandes e pesados na posição vertical, otimizando o aproveitamento do espaço físico e multiplicando a capacidade de estocagem.

A modalidades drive in é feita por acumulação em superfície ou altura; o sistema drive-thru apresenta dois corredores de acesso à carga, um de cada lado da estante e o push-back é o armazenamento de até quatro pallets na profundidade em cada nível.

Então podemos afirmar que a automação é capaz de tornar o processo armazenamento mais ágil, eficiente e seguro, contribuindo significativamente para aumentar a produtividade da indústria. O uso de pallets plásticos rotomoldados contribui para uma melhor utilização dos espaços físicos, reduzir custos e tornar as operações mais seguras e as empresas mais competitivas.

O que você achou deste post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
+ 55 (54) 999 597 996
 
+ 55 (54) 991 693 589
 
+ 55 (54) 991 914 126
×