O uso do pallet plástico em frigorífico de charque

Pallet Plástico - Frigorífico

O uso de pallets de plástico para câmara fria e em frigoríficos é uma recomendação frequente, quando não uma exigência, de órgãos fiscalizadores como a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e o SIF (Serviço de Inspeção Federal), que exige o uso de pallets plásticos na produção em frigoríficos de charque, por exemplo.

Diferentemente dos pallets de madeira, que acumulam fungos, bactérias e outros agentes contaminantes, o pallet de plástico pode ser lavado e higienizado. Assim, contribuindo para evitar contaminações e para atender às exigências sanitárias.

Mas você sabe por que o pallet plástico é amplamente utilizado em frigoríficos? Quais são suas vantagens em relação aos pallets de madeira? Conheça, a seguir, as respostas para essa e outras questões sobre o pallet plástico.

Como os pallets são usados em Frigorífico de Charque

Um exemplo de uso eficiente do pallet de plástico é em um Frigorífico Charque, situado em Santana do Parnaíba (SP). O frigorífico, um dos mais modernos do grupo JBS, produz em torno de 80 toneladas de charque por dia.

O seu processo de produção é dividido em quatro etapas: desossa, salga, varal e embalagem. No processo de desossa, a carne chega em lotes de 28 ton (uma carreta). A desossa é feita em bancadas e depois a carne desossada é colocada em uma esteira, que a encaminhará para a salga.

Na salga, a carne recebe uma injeção de salmoura. Logo após, recebe uma crosta de sal e fica descansando por uma semana em estantes de aço inox. Nesse ponto, os pallets são utilizados somente para descarte de carne na salmoura.

Após a salga, a carne é encaminhada para um banho, para tirar o excesso de sal, e depois colocada nos palletes plásticos rotomoldados. Nessa etapa, os lotes são separados pela cor do pallet plástico de acordo com a data da produção o que facilita a gestão visual do processo.

Depois de oito horas de sol, a carne é colocada em pedras para descansar por mais oito horas. Nessa fase, também são utilizados contentores plásticos de 320 l como os contentores plásticos da Tecnotri para armazenar restos pequenos de carne.

Finalizado o processo de varal, a carne é levada para o setor de embalagens, seguindo a separação do lote em pallets em diferentes cores, que identificam de forma visual o conteúdo armazenado.

Entenda por que o pallet plástico vem substituindo o de madeira e o de metal

Por ser fabricado com material higienizável e atóxico, fácil de lavar e manusear, além de ser monobloco e não apresentar nenhuma emenda ou solda, o pallet plástico rotomoldado evita o fluxo de possíveis causas de contaminação com alimentos. O produto recebe ainda uma proteção antimicrobiana, que impede a proliferação de fungos e bactérias.

Mais ainda, o plástico oferece uma vida útil muito superior à da madeira, que requer reposições constantes. Por isso, possibilita um custo até 75% menor que dos pallets de madeira. Quando comparado a pallets de metal, o pallet plástico rotomoldado, como o pallet Tecnotri, apresenta um custo 3 vezes inferior. Ou seja, apresenta um excelente investimento e uma ótima relação custo x benefício.

Por essas características, o material é ideal para setores em que o cuidado com a higiene é fundamental, como na indústria de alimentos. 

Conheça os materiais utilizados no pallet plástico

Os pallets para câmara fria ou frigoríficas são geralmente fabricados em PP, nome popular para o Polipropileno (tipo de resina plástica), ou em PEAD, como é conhecido o Polietileno de Alta Densidade.

O PP é o material recomendado para pallets utilizados em temperatura ambiente ou em câmara fria de resfriamento, onde é exposto a temperaturas inferiores de até -10ºC.

Para câmaras frias de congelamento de até – 35 ºC, o pallet deve ser fabricado em PEAD para maior resistência. Para este fim empresas como o Grupo JBS utilizam o Pallet Plástico Rotomoldado, como o Pallet Plástico Tecnotri, que garante maior resistência as peças. Já o Pallet Plástico Injetado de polipropileno apresenta perda de flexibilidade e se torna quebradiço nessas temperaturas mais baixas.

Veja as vantagens do uso de pallet plástico

O pallet de plástico é um estrado de plástico monobloco, sem emendas nem farpas, utilizado para movimentação de cargas. Com excelente acabamento, esse material é leve, durável, resistente a impacto e de fácil manuseio. O plástico é até 70% mais leve e resistente que o pallet de madeira. Também é imune a agentes externos e suporta variações de temperatura de -35ºC a 60ºC sem sofrer variação de peso e cor. Outro benefício é a possibilidade de personalização do Pallet Plástico Rotomoldado, devido ao custo mais acessível para aquisição de molde.

O pallet plástico rotomoldado foi desenvolvido para ser utilizado em ambientes que precisam de cuidados especiais com a higiene, como frigoríficos, indústrias alimentícias, cozinhas industriais, setor farmacêutico, químico ou médico-hospitalar.

Como vimos, utilizando os pallets de plástico rotomoldados, os frigoríficos mais modernos, como o Frigorífico Charque, podem assegurar a segurança dos alimentos, facilitar o transporte e armazenamento de seus produtos e atender às exigências de sanitização dos padrões internacionais do SIF (Serviço de Inspeção Federal).

Gostou desse artigo? Deixe sua opinião nos comentários.

 

Mais sobre pallet plástico rotomoldado:

Tudo sobre os pallets plásticos rotomoldados. Tire aqui todas as suas dúvidas

Neste material você vai entender os usos, aplicações, diferenciais e como escolher o pallet ideal para o seu negócio.

Baixar Guia Gratuito

 

 

 

O que você achou deste post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
+ 55 (54) 999 597 996
 
+ 55 (54) 991 693 589
 
+ 55 (54) 991 914 126
×