Como fazer o correto transporte e armazenamento de produtos perecíveis

produtos perecíveis

O setor de alimentos apresenta desafios complexos no transporte e armazenamento de seus produtos, principalmente os perecíveis.

Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a falta de estrutura é responsável por 50% das perdas que acontecem durante o manuseio e o transporte dos alimentos perecíveis. Por isso, as empresas do setor precisam tomar cuidados especiais com a logística para evitar danos e desperdícios.

Entenda a importância dos cuidados com os produtos perecíveis

No transporte das mercadorias, é preciso levar em consideração as particularidades de cada tipo de produto alimentício. Afinal, o transporte de alimentos perecíveis, como aves, carnes, peixes, ovos, frutas e legumes, exige alguns cuidados especiais.

Esses alimentos diferem em suas características físicas e bioquímicas daqueles produtos considerados como “duráveis” ou “secos”, como grãos, cereais, legumes, sementes oleaginosas, entre outros.

As perdas podem ocorrer em qualquer parte da cadeia de comercialização, desde a colheita até o consumo. Diferentes meios físicos e químicos podem ser utilizados para a redução desses desperdícios. Três etapas principais podem ser consideradas para minimizar as perdas em produtos perecíveis:

  1. Manutenção da integridade física e fisiológica do órgão destacado da planta, porém, ainda vivo.
  2. Prolongamento da vida natural por manipulação do estado fisiológico do material ou pela provisão de condições atmosféricas ótimas.
  3. Seleção de material para armazenamento, devendo o mesmo ser completamente sadio e no estágio ideal de maturação.

Observe a temperatura adequada para os alimentos

A temperatura é o fator ambiental mais importante na conservação de alimentos. Afinal, ela afeta diretamente a respiração, a transpiração e outros aspectos fisiológicos das plantas.

Sabe-se que a cada aumento de 10°C na temperatura ambiente ocorre um aumento de duas a três vezes na velocidade de deterioração dos produtos. Portanto, a temperatura deve respeitar os limites mínimos característicos de cada espécie, a fim de não congelar os seus tecidos e evitar a deterioração.

O processo de refrigeração é indicado para produtos que requerem resfriamento imediato após a colheita e armazenamento sob temperatura controlada. Além disso, cada tipo de alimento demanda uma embalagem específica, capaz de assegurar a sua proteção e conservação.

produtos perecíveis

Saiba como fazer o armazenamento de produtos perecíveis

O local de armazenamento de produtos perecíveis deve estar em ótimo estado de conservação e limpeza. Os produtos devem ser alocados de acordo com a temperatura exigida, data de vencimento, lote, dentre outro fatores.

Os principais objetivos do armazenamento de produtos perecíveis são:

  • – Redução da atividade biológica do produto, mantendo a temperatura em níveis que não sejam prejudiciais;
  • – Redução do crescimento de microrganismos, mantendo a temperatura baixa e minimizando a umidade superficial do produto;
  • – Redução da perda d’água, pela diminuição das diferenças entre a temperatura do ar e a do produto, bem como mantendo elevada umidade no ambiente de armazenamento.

O produto a ser armazenado deve estar na melhor condição e qualidade possíveis, para que possa ter um maior tempo de armazenamento. Para isso, devem ser levados em consideração os seguintes aspectos:

  • – Isenção máxima de danos superficiais, amassamentos, deterioração por doenças, e assim por diante;
  • – Isenção de infecção insipiente;
  • – Pré-resfriamento e embalagem adequados, feitos imediatamente após a colheita.

Veja como evitar a contaminação no transporte

O transporte de alimentos perecíveis exige alguns cuidados especiais. A seguir, veja algumas recomendações importantes.

  • – Procure sempre assegurar a correta ventilação, iluminação, umidade e temperatura da carga, de acordo com as especificidades de cada produto.
  • – Esteja atento também ao prazo de validade dos alimentos. Do contrário, carregamentos inteiros podem ser perdidos.
  • – A movimentação das mercadorias precisa ser realizada de modo ágil e eficiente, de modo a otimizar as operações, obter um melhor aproveitamento dos espaços e diminuir custos.
  • – Garanta que os seus colaboradores tenham o treinamento necessário para saber lidar com os diversos produtos transportados. Deixe claro que a segurança dos produtos é fundamental.
  • – Não é aconselhável utilizar o mesmo transporte para alimentos diversos ou substâncias estranhas que possam oferecer algum risco ao produto.
  • – As medidas de Boas Práticas de Fabricação (BPF) devem ser adotadas pelas indústrias de alimentos para garantir a qualidade da produção e a conformidade dos alimentos com os regulamentos técnicos.

Saiba como escolher os pallets para transporte e estocagem

Na hora de escolher os pallets usados em suas operações logísticas, você deve ficar atento às características do material utilizado, de modo a assegurar a higiene e limpeza em todo o processo.

Uma vantagem do pallet plástico é a capacidade de carga, pois ele se mostra capaz de suportar grandes pesos. Extremamente robusto, esse produto possibilita o empilhamento das caixas, otimizando o espaço nos armazéns.

Os pallets plásticos também são fáceis de higienizar e limpar, o que evita a proliferação de microrganismos e bactérias.

Diferentemente dos pallets de madeira, que armazenam fungos, bactérias e outros agentes contaminantes, o pallet de plástico não é poroso e nem absorve a umidade, o que contribui para evitar contaminações.

Além disso, o pallet plástico possui proteção antimicrobiana, que evita a proliferação de fungos e bactérias e permite o contato direto com os alimentos. Por serem monoblocos, eles não apresentam emendas, pregos ou soldas, o que contribui para evitar acidentes e trazer maior segurança para as operações.

A Tecnotri produz uma linha completa de produtos plásticos rotomoldados em conformidade com as especificações de Boas Práticas de Fabricação (BPF) da ANVISA e da certificação ISO 22.000.

Tenha mais segurança com os cofres de carga

A produção de alimentos requer cuidados em todo o processo produtivo, seja durante a sua manipulação, transporte ou armazenagem. Afinal, os produtos estão sempre sujeitos a riscos físicos, químicos e biológicos.

Desenvolvidos para segregar materiais incompatíveis e perigosos, os cofres de carga são muito utilizados por transportadoras de alimentos, medicamentos e materiais químicos.

produtos perecíveis

Essas caixas trazem fechos e travas de fechamento para acondicionamento da carga, com a finalidade de segregá-la durante o transporte. Em casos de vazamentos, não ocorre a contaminação do ambiente, pois as substâncias ficam totalmente retidas no interior dessas caixas.

Sem emendas ou soldas, o cofre de carga Tecnotri é atóxico, resistente a agentes químicos e tem proteção antimicrobiana. Ele atende às normas da Anvisa e da Resolução 420 da ABNT para produtos perigosos e tem 10 anos de garantia.

Como vimos, o transporte e armazenamento de produtos perecíveis demandam cuidados especiais para conservar os produtos nas melhores condições possíveis, por um máximo de tempo.

Você gostou desse artigo? Quer saber mais sobre como o pallet plástico pode ser utilizado na indústria de alimentos? Acesse este post sobre logística e armazenamento estratégico.

O que você achou deste post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
+ 55 (54) 999 597 996
 
+ 55 (54) 991 693 589
 
+ 55 (54) 991 914 126
×
Logo_Tecnotri-Branco

Olá

Por favor, escolha o setor para conversar e teremos todo o prazer em ajudá-lo!

tecnotri-whatsaap

Fale Com Um Consultor​

Tire Suas Dúvidas Aqui.

tecnotri-whatsaap

Atendimento Ao Cliente

Serviço de Atendimento ao Consumidor.

tecnotri-whatsaap

Solicite Um Orçamento

Faça Seu Orçamento Aqui.